• Ricardo Veras

Abertas inscrições de apresentações e oficinas para o Bus da Cultura

Abertas inscrições de apresentações e oficinas para o Bus da Cultura



O Bus da Cultura, equipamento criado para trabalhar a descentralização cultural em Gramado, entrará em operação no próximo semestre e para montar uma programação rica em atividades, a Secretaria da Cultura de Gramado e o Conselho Municipal de Política Cultural – CMPC, estão selecionando artistas e oficineiros.

Descentralização cultural é uma das demandas latentes da gestão cultural em todo o Brasil. Em Gramado, o Bus da Cultura tem o papel de levar apresentações e oficinas até os mais diversos bairros da cidade, democratizando os acessos e oferecendo cultura gratuita e acessível à população. Por isso, a partir de junho de 2022, o Bus rodará uma vez por mês, sempre em um bairro ou localidade diferente da cidade, e para montar a programação das atividades, a Secretaria da Cultura e o CMPC estão abrindo uma seleção democrática de apresentações e oficinas.



Artistas e oficineiros interessados em participar do projeto, que será custeado com recursos do Fundo Municipal de Cultura, podem mandar suas propostas de atividades para o e-mail cultura@gramado.rs.gov.br. Cada apresentação artística (música, artes cênicas e performáticas) receberá um cachê de R$ 1 mil e deverá ter no mínimo uma hora, enquanto cada oficina (artesanato, artes visuais, artes plásticas, patrimônio ou demais atividades culturais) receberá R$ 500 de remuneração e deverá apresentar no mínimo uma hora e meia de duração. Além disso, cada oficineiro ficará responsável pelo material utilizado na ocasião.

Todo projeto enviado, será avaliado e selecionado por uma comissão formada por membros do CMPC e da Secretaria da Cultura de Gramado. Cada rodada do Bus contará com uma apresentação artística e uma oficina.

“O Bus da Cultura é um equipamento voltado à democratização do acesso à cultura cidadã, e é fundamental que a Secretaria da Cultura possa oferecer isso à comunidade. Da mesma forma também queremos deixar democrático o processo de seleção das apresentações e oficinas que serão contratadas, por isso definimos esse mecanismo de avaliação conjunta com o CMPC, que representa cada segmento cultural da cidade”, comenta o Secretário da Cultura Ricardo Bertolucci Reginato.

Cada rodada do bus terá uma temática diferente, respeitando o mês do ano que acontecerá, e as apresentações e oficinas devem levar isso em consideração, informando para qual mês é sua proposta. Abaixo seguem os temas:

Junho – Conscientização ambiental

Julho – Amizade (Dia do Amigo)

Agosto – Patrimônio

Setembro – Literatura – FiliGram

Outubro - Dia das Crianças

Novembro – Consciência Negra

Dezembro – Natal

Crédito: Ascom/PMG