• Ricardo Veras

Agroindústrias representam a força do interior de Gramado na 30ª Festa da Colônia

Agroindústrias representam a força do interior de Gramado na 30ª Festa da Colônia


A força do interior de Gramado estará na 30ª Festa da Colônia de Gramado de 23 de setembro a 12 de outubro, representada por famílias que empreendem no interior, e que tem na Agroindústria uma atividade destacada. São cerca de 75 Agroindústrias que estão regularizadas e boa parte delas estarão na Festa da Colônia.

Uma das representantes é a Família Augsten, que produz na região da Linha Ávila Baixa, morangos. A família foi uma das pioneiras na produção do morango há cerca de 35 anos. Cássia Augsten é quem faz grande parte das atividades com muito esmero e dedicação: “O pai (César) cuida da irrigação e colheita, a mãe (Vera) da produção, e eu faço de tudo, além de cuidar da agroindústria”, conta. A família cultiva três tipos de morangos, o Albion (Argentina e Espanha), o San Andreas (Espanha) e o Pircinque (Brasil), em uma área de 3 mil metros de estufas com cerca de 30 mil plantas e uma produção média anual de 25 mil kg.

Na Agroindústria, que fica a uma curta distância da área do cultivo de morangos, são produzidos cerca de 30 sabores de geleias. A geleia de morango é a especialidade da produção, as demais frutas são oriundas de outras regiões do interior de Gramado. “Tudo é comercializado em mercados e restaurantes de Gramado e Canela, além de outros locais em cidades do Estado do RS, São Paulo e Rio de Janeiro”, conta Cássia. Na Agroindústria, além das geleias, são produzidos molhos para churrasco.

O evento acontece de 23 de setembro a 12 de outubro, e terá diversas atrações como bandas típicas, corais, fornos de barro, café colonial, as cozinhas da Oma e da Nonna, feira de produtos coloniais, os biers e uma Corte de Soberanas formada pela Rainha Maxine Fassbinder, da localidade do Quilombo Alto, e pelas princesas Alessandra Carina Grauer, da Linha Marcondes, e Mariana Pereira, da Linha Carahá.

A 30ª Festa da Colônia é uma promoção da Prefeitura de Gramado e realização da Autarquia Municipal de Turismo (Gramadotur). A Festa da Colônia ainda conta com a correalização da Secretaria Municipal de Obras em conjunto com a Secretaria da Agricultura e Emater. Paralelamente a Festa da Colônia acontece no complexo do Expogramado a 9ª Feira Feito em Gramado.

Algumas Famílias que estarão na 30ª Festa da Colônia de Gramado:

Família Pereira e Pereira Dias, Miranda e Lahnel da Linha Carahá, com doces e geleias. Morangos in natura.

Família Seidler da Rosa, da Linha Ávila Alta, com geleias, compotas, conservas, feijão, moranga, kiwi, trufas, pé de moleque, cebola, pinhão, batata, queijos, milhos, alfajores, casquinhas de laranja e demais produtos cultivados na propriedade.

Família Horlle, da Serra Grande, com doces e geleias.

Família Masotti, do Mato Queimado, com geleias, sucos, vinhos, biscoitos, salgadinhos, cocadas, mel, amendoim doce e salgado, casquinha de laranja cristalizada, alfajor, linguiça e marmelada.

Família Wagner, da Linha XV, com frutas, geleias, feijão, suco, vinhos, chás e cervejas caseiras.

Família Marschner, da Linha Furna, com biscoitos, cookies, cupcakes, casquinha de laranja, waffle, grostoli, e geleias do Roberto Weimer.

Família Cavichion e Ecker, da Linha Bonita, com graspa, licor, erva-mate, frutas passas, frutas desidratadas e caipirinhas.

Família Backes, da Linha Ávila Baixa, com mel em favo, balde e potes, sachês de mel, extrato de própolis, massas, capeletti e tortéi.

Família Lazaretti, da Linha Tapera, com vinhos, graspa, licores, biscoitos, sucos, geleias, casquinha de laranja cristalizada e feijão.

Família Cardoso Pereira e Serafim, da Linha Marcondes, com patês, mostardas, sal e cerveja.

Família Weber, da Linha Moreira, com derivados da cana, biscoitos, massas, pizzas, batata doce assada, doce cremoso e bergamota.

Família Cavichion e Mello, da Linha Furna, com suco de uva, maracujá, vinho, pinhão, geleias, spritzbier, conservas e compotas.

Família Model, da Linha Marcondes, com mel em quilo, sache, favo própolis e cera.

Cirilo Gruszynski, da Linha 28, e Patrícia Wolf e Roseli Wagner, da Linha XV, com mudas de flores, árvores nativas, arbustos, frutíferas e temperos.

Família Marcon, da Linha Bonita, com frutas desidratadas, passas, geleias e frutas in natura.

Família Burtet, da Serra Grande, com facas artesanais e ferramentas agrícolas.

Família Ruppenthal, da Linha Marcondes, com queijos, iogurtes, doce de leite e demais derivados.

Família Andreis, do Morro Agudo, com linguiça, salames, copa, defumados, banha, conservas, torresmo, compotas e geleias.

Família Augsten, da Linha Ávila Baixa, com doce cremoso de frutas, geleias e morangos in natura.

Família Herold, do Morro Agudo, com biscoitos doces, salgados, massas, capeletti, tortei, nhoque, ravioli, grostoli, waffle e stroopwaffle.

Família Luedke, da Linha Marcondes, com suco de uva.

Família Calhiari Klemann e Kuhn, da Linha Tapera, com doces em calda, geleias e crem.

Eliezer Nascimento de Lima, da Serra Grande, com ovos caipira.

Serviço:

30ª Festa da Colônia – Unindo origens, celebrando tradições.

Onde: Expogramado (Avenida Borges de Medeiros, 4.111, Centro)

Quando: de 23 de setembro a 12 de outubro de 2021.

Fechado nas terças, com exceção do feriado do dia 12/10.

Segundas, quartas e quintas e domingos das 10h às 22h.

Sexta e sábado das 10h às 23h.

Acesso a Festa e Estacionamento – gratuito.

Crédito: Cleiton Thiele/Divulgação