top of page
  • Foto do escritorRicardo Veras

AMEAÇARAM POLICIAIS E FORAM PRESOS - PC E BM REALIZAM “OPERAÇÃO PULSO FORTE”

AMEAÇARAM POLICIAIS E FORAM PRESOS

POLÍCIA CIVIL E BRIGADA MILITAR REALIZAM “OPERAÇÃO PULSO FORTE” EM CANELA APÓS POLICIAIS SEREM AMEAÇADOS

A Polícia Civil e a Brigada Militar de Canela realizaram, na manhã deste sábado (19), grande operação policial. Ao todo, cerca de 80 policiais civis e militares efetuaram sete prisões e doze mandados de buscas em residências de investigados e seus familiares.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, referiu que foram noticiadas ocorrências de ameaças a policiais militares da ativa e da reserva nas últimas horas na cidade. A ação dos criminosos pretendia intimidar policiais, sobretudo no combate ao tráfico de drogas em Canela. A autoridade policial informou que as forças de segurança não irão tolerar qualquer tipo de ameaça ou intimidação a policiais na cidade, destacando o pronto e firme atendimento dos pedidos policiais pelo Ministério Público e Poder Judiciário (2ª Vara).

A operação conjunta realizada no início da manhã deste sábado cumpriu seis prisões preventivas e uma em flagrante por tráfico de drogas, tendo sido apreendidos drogas, dinheiro e objetos ilícitos. Os investigados possuem vasta ficha de antecedentes policiais, sendo que alguns estavam em liberdade provisória ou prisão domiciliar pela prática de crimes recentes, especialmente ligados ao tráfico de drogas.

O Capitão Dill, comandante da Brigada Militar em Canela, referiu que a Operação Pulso forte vem dar uma resposta efetiva dos órgãos de segurança no combate à criminalidade. Uma frente policial envolvendo a integração de duas forças (Brigada Militar e Polícia Civil), ambas do Município de Canela, com o apoio de efetivo da Polícia Civil da região e de efetivo da Força Tática e da seção de inteligência do 1º BPAT de Gramado, e de Policiais da Brigada Militar de São Francisco de Paula, foi possível termos resultados que de maneira fracionada não seria possível. A operação em um primeiro lugar visou dar uma resposta a ameaças que Policiais Militares foram vítimas, com o intuito primeiro para demonstrar que sempre estivemos fortes e não iremos tolerar qualquer tipo de desmandos, sejam eles contra a comunidade ou contra qualquer servidor da área da segurança. Mas também fizemos frente ao crime qualificado, nas ações de prevenção e repressão a criminalidade e a contínua baixa dos índices criminais, com ênfase ao homicídio, roubo e tráfico de drogas. Mas o principal objetivo é a resposta em conjunta dada pelos órgãos de segurança, através do Judiciário, MP, Policia Civil e Brigada Militar. É possível unirmos forças em prol de um objetivo único. Quando nos unimos, somos mais fortes.

O Delegado Regional Gustavo Celiberto Barcellos destacou a integração entre as Forças de Segurança, com pronta resposta aos graves atos ilícitos praticados por criminosos audaciosos, os quais jamais conseguirão intimidar aqueles que trabalham para assegurar o império da lei e a estabilidade social.

As equipes policiais seguem na rua, buscando cumprir outros mandados de investigados que tiveram suas prisões decretadas.

PRO IMAGE DRONES

A divulgação do seu produto ou serviço elevada a um nível superior!

Entre em contato com nossa equipe agora mesmo!

WhatsApp (54) 99160 0714

تعليقات


Em destaque

Verifique em breve
Assim que novos posts forem publicados, você poderá vê-los aqui.
bottom of page