• Ricardo Veras

Coreto da Praça Major Nicoletti vira vitrine do Mercado da Arte Gramado

Coreto da Praça Major Nicoletti vira vitrine do Mercado da Arte Gramado



Imagine chegar em uma cidade repleta de cultura. Passear pelas ruas, contemplar as belas paisagens e perceber que a arte se manifesta singular em diversos locais, sendo um deles uma galeria criada levando em consideração o momento pandêmico que se vive. Assim é Gramado e assim é o Mercado da Arte, a Vitrine.


Criado na metade do mês de abril de 2021, em uma iniciativa da Secretaria da Cultura de Gramado, o Mercado da Arte é uma ferramenta cujo objetivo é expor e divulgar o trabalho dos artistas visuais da cidade ou com atuação permanente no município. O projeto, que começou no Instagram, ganhou um espaço físico no último final de semana e já tornou-se uma verdadeira atração turística em plena Praça Major Nicoletti.


“Depois que as secretarias de Obras e Cultura se uniram para revitalizar o coreto, a solicitação do Prefeito Nestor foi que pensássemos em como utilizá-lo o quanto antes. Assim, surgiu a ideia de o relacionarmos como uma vitrine física de um projeto que nasceu digital. Montamos uma campanha expressa, levando em consideração que aquele poderia ser também um canal para que os artistas pudessem comercializar suas obras mesmo em tempo de pandemia”, comenta o secretário da Cultura, Ricardo Bertolucci Reginato.

Reunindo obras de todos os artistas que haviam enviado trabalhos para divulgação no Mercado da Arte. Desde pinturas em acrílico sobre tela até macramê, de mosaico a esculturas em couro e terracota, a exposição no coreto democratizou o acesso à arte e criou um ponto de referência no centro do município.


“Inserimos em cada obra um QR Code que leva direto ao WhatsApp de seu criador para que os interessados pudessem pedir mais informações. Como estamos em meio à pandemia, a estrutura toda foi pensada para se tornar uma grande vitrine, sem a necessidade de entrar no coreto para acessar as obras, evitando aglomeração. A Secretaria da Cultura vai, cada vez mais, aliar tecnologia às ações culturais do município”, completa o secretário.


Buscando a inclusão todas as obras contaram ainda com audiodescrição. Para participar do Mercado da Arte, basta enviar fotos em boa resolução de suas obras, tamanhos, técnica utilizada e valor de cada peça, por meio de DM no próprio Instagram, por meio do WhatsApp da Cultura (54) 9 8401-7707 ou ainda pelo e-mail cultura@gramado.rs.gov.br. As exposições no coreto devem se renovar quinzenalmente.