• Ricardo Veras

Defensoria impede corte de energia na residência de idoso em tratamento contra câncer

Defensoria impede corte de energia na residência de idoso em tratamento contra câncer

POR ÍSIS FALCÃO - ASCOM DPE/RS Jóia (RS) – A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS), no município de Jóia, da comarca de Augusto Pestana, garantiu, por meio de liminar, a manutenção da energia elétrica na residência de um idoso que está recebendo tratamento contra o câncer. O idoso faz uso diário de uma fórmula líquida mediada por sonda, que após aberta, precisa ser mantida refrigerada para sua manutenção. Devido ao alto custo do tratamento, ele e a esposa não têm condições de quitar a dívida com a distribuidora de energia. A liminar foi deferida, em janeiro deste ano, determinando à RGE o restabelecimento da energia elétrica na residência dos autores. A ré interpôs recurso, o qual resta pendente de decisão pelo Tribunal de Justiça. A audiência de conciliação ocorreu ontem (12), porém não resultou em acordo. Na sequência, será aberta a fase de instrução, seguida da sentença final. Na opinião da defensora pública Alessandra Pedrazzi Valentini, que trabalhou no caso, essa acertada decisão judicial aponta para um único e indesviável caminho: a dignidade humana jamais poderá ser esquecida. “É bem mais que uma decisão judicial, é um veículo de esperança a quem mais precisa, a quem, em meio à pandemia e acometido de doença grave, não encontra mais a quem se socorrer”. Outra reflexão que a defensora faz é a de que, principalmente em momentos de crise como o que estamos vivendo, a humanidade, em todas as esferas, é a que jamais poderá colapsar.



Foto: Sandrine Knopp - Ascom DPE/RS