• Ricardo Veras

Depois de uma edição sem visitantes, Expointer volta a ser presencial

Avanço da vacinação e rígidos protocolos sanitários elaborados pela Secretaria da Saúde permitiram que o público retornasse


Vice-governador Ranolfo e secretária Silvana cortaram a faixa inaugural da 44ª Expointer - Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini



Depois de uma edição sem visitantes no ano passado, devido às restrições impostas pela pandemia, o público retornou ao Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, para celebrar a maior feira agropecuária a céu aberto da América Latina. Na manhã deste sábado (4/9), iniciou-se a 44ª Expointer, no Pavilhão Internacional. O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior e a secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, cortaram a faixa inaugural e depois visitaram pavilhões da feira. A Expointer ocorre de 4 a 12 de setembro.


“A Expointer sempre foi um espaço em que o Rio Grande do Sul mostra sua vocação para o Brasil e o mundo. No ano passado, em um momento difícil da pandemia, não deixamos de realizar a Expointer e fizemos a 43ª edição de maneira digital. Avançamos na condução do Estado durante a pandemia e o Rio Grande do Sul tem se destacado no cenário nacional como um dos estados que mais vacinam no país: mais de 88% da população já recebeu a primeira dose e mais de 47% já está com o esquema vacinal completo. Então, chegou o momento de fazermos, mais uma vez, uma Expointer presencial”, afirmou o vice-governador.


Ranolfo também ressaltou o momento de otimismo que o setor agropecuário gaúcho experimenta em 2021. “Neste ano de supersafra de soja e da certificação do Estado como zona livre de aftosa sem vacinação, temos muito a celebrar e efetivamente realizar uma grande Expointer”, concluiu.


A secretária Silvana Covatti destacou a importância da união das secretarias da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e da Saúde (SES) para a organização e execução do primeiro grande evento a ser realizado durante a pandemia no Rio Grande do Sul. “Tudo que está construído aqui, junto com a Secretaria da Saúde e a secretária Arita Bergmann, nós fizemos para honrar a confiança que o governador deu a duas mulheres para a condução dessas duas pastas tão importantes para o Estado”, frisou.


Também participaram da solenidade representantes das copromotoras da Expointer: prefeito de Esteio, Leonardo Paschoal; presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Pereira; presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), Carlos Joel da Silva; presidente do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul (Simers), Cláudio Bier; presidente da Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac), Leonardo Lamachia; e presidente da Ocergs Organização Cooperativa, Vergílio Perius.


Horário da feira e ingressos


Os portões de acesso ao parque ficarão abertos das 8h às 19h30. Todas as atividades funcionam até as 23h. Os ingressos são vendidos por meio do site oficial da Expointer, mediante o preenchimento de formulário elaborado pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs). Até as 9h deste sábado (4/9), 24.076 bilhetes foram comercializados. Todos os visitantes e trabalhadores devem usar máscara e passarão por uma triagem na entrada do parque, com medição de temperatura. Não será obrigatório estar vacinado contra a Covid-19 para participar do evento.

  • CLIQUE AQUI PARA COMPRAR INGRESSOS PARA A EXPOINTER

Texto: Elaine Pinto/Ascom Seapdr Edição: Secom

Fonte: https://estado.rs.gov.br/depois-de-uma-edicao-sem-visitantes-expointer-volta-a-ser-presencial