• Ricardo Veras

Fórum Gramado se encerra com três painéis nesta quinta, dia 15

Fórum Gramado se encerra com três painéis nesta quinta, dia 15

A partir das 18h30 desta quinta-feira, dia 15, o Teatro Elisabeth Rosenfeld sedia a terceira e última noite do 1º Fórum Gramado Ontem, Hoje e Amanhã. O encontro inédito tem a proposta de discutir os avanços urbanísticos do município, sua ocupação urbana e as projeções referentes ao novo Plano Diretor. O mediador desta quinta será o vereador Cícero Altreiter (MDB). Os painelistas serão o advogado Gustavo Trindade, que falará sobre a evolução dos instrumentos da PNMA e novos rumos das políticas ambientais; a promotora de justiça Annelise Steigler, que trará informações sobre o planejamento urbano a partir do desenvolvimento social, econômico e sustentável; e a procuradora Vanêsca Prestes, que apresentará dados sobre operações irregulares e REURBs. Como acompanhar A transmissão acontecerá ao vivo por meio do Facebook (facebook.com/camara.gramado) e do Youtube da Câmara (youtube.com/camaragramado). Segunda noite Ainda na quarta, o vereador Professor Daniel (PT) mediou a segunda noite de debates. Falaram ao público o promotor de Justiça de Gramado, Max Guazzelli (sobre o papel do Ministério Público no controle urbano e ambiental); a procuradora-geral do Legislativo, Cristiane Bandeira (sobre a construção pública dos instrumentos urbanos e ambientais); o advogado Bruno Coletto (sobre a operação urbana e entidades privadas); e o arquiteto Marcelo Ignatios (sobre a construção de instrumentos de financiamento de obras estruturantes). A transmissão completa está disponível no Facebook do Legislativo de Gramado. Painelista Max Guazzelli: “Foram feitos grandes acordos pela Promotoria de Justiça de Gramado, em valores milionários que foram repassados a órgãos da comunidade para manutenção de projetos sociais e preventivos para nossas crianças, além do Mocovi. Ou seja, ou nós salvamos as nossas circunstâncias e o espaço onde estamos, ou nós não nos salvamos e não deixaremos um legado para nosso futuro”. Painelista Cristiane Bandeira: “A administração pública, assim como a privada, tem necessidades. E elas têm instrumentos. Seja o privado, por meio de financiamentos e planos de trabalho; seja o público, por meio de uma boa gestão urbana, de moradia social, de saneamento. Tudo isso fluindo dentro do conceito de cidade sustentável. Hoje, mais do que nunca, aqueles que militam na área do direito público, urbanístico e ambiental, empregam um termo aparentemente novo: concertação. Porque a partir do momento em que público, privado e sociedade atuam juntos, se operacionaliza a concertação administrativa”. Painelista Bruno Coletto: “Para alcançarmos decisões no âmbito público, precisamos de 50% mais 1 em várias instâncias, e também precisamos que aqueles que têm poder de veto participem desse processo. Do ponto de vista do privado, esse talvez seja o ponto mais difícil de montar neste contexto de concertação administrativa, de diálogo entre as instituições”. Painelista Marcelo Ignatios: “A ideia, em termos de planejamento urbano e de provocação, é que as ferramentas estejam disponíveis para resolver problemas específicos. Portanto, não é qualquer ferramenta que deve ser adaptada para qualquer serviço. E sem transparência, comunicação e participação social não há planejamento urbano ou concatenação das iniciativas. Não podemos buscar estes atalhos”. Mediador Professor Daniel: “O Fórum Gramado traz por mais uma noite um debate rico de informações, com a participação comunitária, sobre aquilo que queremos para Gramado. Precisamos sair de simples projeções e agir, sempre em conjunto. Este é o propósito do Legislativo ao organizar o evento”. Fotos: Paulo Vargas/Divulgação Câmara de Gramado