top of page
  • Foto do escritorRicardo Veras

POLÍCIA CIVIL DE CANELA FECHA MAIS UMA GRANDE MINERADORA CLANDESTINA DE CRIPTOMOEDAS

POLÍCIA CIVIL DE CANELA FECHA MAIS UMA GRANDE MINERADORA CLANDESTINA DE CRIPTOMOEDAS

LOCAL TAMBÉM ERA COMANDADO POR INDIVÍDUOS PRESOS EM FLAGRANTE EM RAZÃO DE OUTRA GRANDE MINERADORA


A Polícia Civil de Canela, em conjunto com o setor de Segurança Coorporativa da RGE, realizou nova ação policial nesta quarta-feira. Após prender um casal em flagrante por furto de energia, porte ilegal de arma de fogo de uso proibido e resistência na tarde desta terça-feira (18), agentes da Polícia Civil de Canela, coordenados pelo Delegado Vladimir Medeiros, descobriram outro local utilizado pelo mesmo grupo para a mineração clandestina de criptomoedas. Neste espaço, localizado em um sítio na localidade rural da Linha São Paulo, a RGE também constatou o furto de energia elétrica (gato), estimando um gasto sonegado em mais de R$ 50 mil reais mensais. No local, a Polícia Civil de Canela apreendeu quase duzentas máquinas que estavam em funcionamento ininterrupto. Cada unidade de equipamento pode ser avaliada em mais de R$ 10 mil reais.


Somadas as fraudes pelo desvio de energia elétrica em ambos os locais (Bairro São Lucas e Linha São Paulo), os valores podem ultrapassar dois milhões de reais, segundo estimativas técnicas na permissionária.


Os suspeitos, que passaram a residir em Canela há alguns anos, seguem presos. O Delegado Vladimir Medeiros informou que eles respondem a furto de energia elétrica, porte ilegal de arma de fogo de uso proibido, resistência, crime contra a ordem tributária e lavagem de dinheiro.


O Delegado Gustavo Celiberto Barcellos, Diretor da 2ª Região Policial, enalteceu a ação realizada, fruto do trabalho abnegado e competente da Polícia Civil, por meio da DP Canela, que logrou êxito em estancar ação criminosa que resultava em prejuízo milionário à permissionária e, em última análise, aos próprios consumidores, bem a repressão qualificada aos demais delitos descortinados e que serão objeto de profunda investigação.


Ao todo, quase seiscentas máquinas utilizadas pelo grupo foram apreendidas pela Polícia Civil nas duas ações (terça e quarta-feira).

Comments


Em destaque

Verifique em breve
Assim que novos posts forem publicados, você poderá vê-los aqui.
bottom of page