top of page
  • Foto do escritorRicardo Veras

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA GRANDE OPERAÇÃO CONTRA A CORRUPÇÃO EM CANELA

OPERAÇÃO CARITAS

*POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA GRANDE OPERAÇÃO CONTRA A CORRUPÇÃO EM CANELA*



A Polícia Civil, sob o comando do Delegado Vladimir Medeiros, deflagrou operação para cumprir 176 medidas judiciais na manhã desta segunda-feira (08/11). Ao todo, 175 policiais civis participam da ação policial, que tem por objetivo combater organização criminosa estabelecida em parte do poder público de Canela para o desvio de verbas públicas, fraudes em contratos e enriquecimento ilícito de agentes políticos e servidores da Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores.

As ações policiais acontecem nas cidades de Canela, Gramado, Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e Bom Princípio, além de Balneário Camboriú e Itajaí, no litoral catarinense.



Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão expedidos pelo Poder Judiciário a pedido da Polícia Civil em órgãos públicos de Canela, residência de agentes políticos e servidores públicos (CCs) e empresas investigadas por integrarem organização criminosa estabelecida com o objetivo de desvio de dinheiro público, fraudes em contratos e enriquecimento ilícito.



O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pela operação policial, não revela detalhes da investigação policial, mas informa que é apurado esquema ilegal no alto escalão dos Poderes Executivo e Legislativo do Município, sendo cumpridas medidas judiciais no âmbito da Presidência da Câmara de Vereadores, Secretaria Municipal de Obras, Secretaria Municipal de Turismo e Hospital de Caridade de Canela.

A Polícia Civil de Canela informou que as investigações iniciaram-se no início do ano, quando se apurava a prática de desvio de materiais de construção do hospital da cidade. Desde então, as investigações foram aprofundadas, apurando-se a existência de um esquema de fraude de orçamentos para a contratação com o poder público, em que empresas de fachada ligadas a agentes políticos e servidores públicos venciam as disputas públicas para a realização de serviços para a Prefeitura Municipal.



Na ação policial, ainda em andamento, foram presos, até o momento, o Presidente da Câmara de Vereadores, o Secretário Municipal de Obras e o Interventor do Hospital de Caridade de Canela. A Polícia Civil realiza, ainda, o afastamento cautelar das funções públicas do Secretário Municipal de Turismo, do Secretário-Adjunto de Obras e de um servidor da mesma Pasta.











Maiores informações em *coletiva de imprensa* a ser realizada ainda na manhã de hoje, às 10h, na Delegacia Regional de Gramado, na Rua João Carniel, n.º 525, em Gramado.




Comments


Em destaque

Verifique em breve
Assim que novos posts forem publicados, você poderá vê-los aqui.
bottom of page