• Ricardo Veras

BRIGADA MILITAR DE GRAMADO PRENDE MOTORISTA DE APLICATIVO QUE TENTOU FURTAR PASSAGEIROS

BRIGADA MILITAR DE GRAMADO PRENDE MOTORISTA DE APLICATIVO QUE TENTOU FURTAR PASSAGEIROS

Autor inventou que havia sido roubado



Na tarde de quarta-feira (11/08), por volta das 15h45min, a viatura da Brigada Militar de Gramado que passava pela Borges de Medeiros, na área central, próximo a um supermercado, foi parada por um casal de turistas dizendo ter sido “assaltado”.


Os turistas, do Estado do Rio de Janeiro, relataram que contrataram os serviços do motorista de aplicativo em Porto Alegre para fazer uma viagem de turismo de um dia em Gramado. Passaram o dia passeando, porém após o que seria a última parada, no centro da cidade, o motorista os deixou na “Rua Torta” para tirar fotos, e se encontrariam novamente nas proximidades do Hard Rock Café.


Ao se encontrarem ele disse que tinha sido roubado. Que uma moto parou ao lado de seu veículo e anunciou o roubo, levando dele um aparelho celular, dinheiro e as compras de seus clientes que estava no banco de trás.


Os Policiais Militares que passavam pelo local, pararam e conversaram com o casal de turistas e o motorista, de 35 anos. Este tentou explicar a ação, mas começou a se contradizer. Não sabia qual seria a moto nem que sentido seguiu.


A guarnição realizou buscas no veículo e encontrou o celular do motorista que ele afirmou ter sido levado. Em consulta ao sistema foi constatado que o homem era suspeito de furto na cidade de Nova Santa Rita. Na sequência ele confessou que havia inventado a história, que o dinheiro dele, que informou ter sido levado, estava embaixo do tapete e os pertences dos turistas estava no porta-malas.


Os turistas (vítimas) ainda relataram que o motorista estava pressionando para que deslocassem logo de volta a Porto Alegre, sem acionar a Brigada Militar. A presença ostensiva da guarnição, no policiamento, foi de extrema importância, sendo toda a articulação criminosa descoberta e culminando na prisão em flagrante do autor.


O motorista de aplicativo foi encaminhado a delegacia onde foi registrada a ocorrência. Os materiais foram restituídos as vítimas.